???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/3846
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Usando o luxo, consumindo o espaço: uma investigação sobre as relações entre espaço, consumo de moda e luxo
???metadata.dc.creator???: Maldonado, Maura Carneiro
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Pereira, Rita de Cássia de Faria
???metadata.dc.description.resumo???: O consumo de luxo no Brasil vem crescendo rapidamente, sendo inclusive este país considerado um dos 10 maiores mercados de luxo do mundo. Apesar de estar restrito a apenas 1% da população, o setor já movimenta U$ 2,5 bilhões anuais. Esta forte presença comercial estimula a análise acadêmica e teórica sobre o tema. Alguns estudos foram desenvolvidos no sentido de compreender o comportamento do consumidor de luxo e os aspectos simbólicos a ele associados. No entanto, é proposta desta dissertação analisar as relações entre consumo de moda de luxo e o espaço por ele ocupado. Parte-se da idéia de que existe uma troca entre os significados deste tipo de consumo, os consumidores potenciais e os locais de compra onde estes elementos se completam e se caracterizam no campo social. A pesquisa valeu-se de um método qualitativo de investigação, com duas fontes de dados principais: entrevistas em profundidade e observação participante e o exame destas informações foi feito a partir da análise de conteúdo. Foram identificadas como motivações para o consumo de luxo a qualidade intrínseca ao produto, a beleza e a distinção por ele proporcionado e o hedonismo alcançado pela experiência diferenciada da compra. Sobre o espaço, a análise dos dados indica que é esperado que as lojas de alto prestígio sigam os códigos e referências espaciais estabelecidos consciente ou inconscientemente pelos grupos de alto poder aquisitivo. O posicionamento deste tipo de estabelecimento deve estar harmonizado com os aspectos do produto de luxo, sendo também reflexo destes. É importante que exista uma identificação entre o produto ofertado, o ponto de venda e a identidade dos consumidores. Os aspectos simbólicos do espaço recaem sobre a percepção do produto tendo o poder de elevar as suas qualidades, bem como pode acarretar uma visão pejorativa dos produtos fruto da diminuição dos valores relacionados a ele como autenticidade, beleza, status, prestígio, entre outros.
Abstract: Luxury consumption in Brazil has been growing significantly, this country being considered one of the 10 largest luxury markets in the world.Though it is restricted to just 1% of the population, the sector already sets in movement US$2,5 billion per year. This strong commercial presence stimulates theoretical and academic analysis about the theme. Some studies were developed in the sense of shedding light on the behaviour f luxury consumers and the symbolic aspects associated to it. However, the proposal of this dissertation is to review the relations between the consumption of luxury fashion and the space thereby occupied. The main assumption is that there is an exchange between the meanings of this type of consumption, its potential consumers and the marketplace where these elements complete one another and are realized in the social field. The research was made through an ethnographic qualitative investigation with two main sources of data: in-depth interviews and participant observation and the exam of information was made through discourse analysis. The motivations for luxury consumption were identified as the quality of products in themselves, the beauty and distinction attached to it and the hedonism in the differentiated experience of acquisition. As to space, the analysis of the data demonstrate that high prestige shops follow spatial codes and references consciously or unconsciously developed by high acquisition groups. The placing of this type of establishment must be in harmony with the aspects of luxury products, being also a reflex of those. It is important that there exists an identification between the offered product, the shopping point and the identity of the consumers. The symbolic aspects of space turn to the perception of the product, thereby having the power to highlight its qualities, as well as it may bring about a negative view of the products, as a consequence of the lowering of the values connected to it such as authenticity, beauty, status and prestige amongst others.
Keywords: Consumo de luxo
Moda
Espaço
Luxury consumption
Fashion
Space
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Administração
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Administração
Citation: MALDONADO, Maura Carneiro. Usando o luxo, consumindo o espaço: uma investigação sobre as relações entre espaço, consumo de moda e luxo. 2009. 156 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2009.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/3846
Issue Date: 30-Jul-2009
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Administração

Files in This Item:
File SizeFormat 
arquivototal.pdf849.52 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.