???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4281
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Sobrepeso, obesidade e imc ajustado por diversos fatores na população de um município brasileiro em todas faixas etárias.
???metadata.dc.creator???: Lima, Raquel Patricia Ataíde 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Costa, Maria José de Carvalho
First advisor-co: Silva, João Andrade da
???metadata.dc.description.resumo???: Nesta pesquisa examinou-se a prevalência de sobrepeso, obesidade e IMC Índice de Massa Corpórea ajustado por variáveis demográficas, socioeconômicas e de estilo de vida em todas as faixas etárias. Estudo epidemiológico transversal de base populacional com amostragem estratificada e sistemática, envolvendo 1165 indivíduos de todas as faixas etárias, da população de um município do nordeste do Brasil, no período de julho de 2008 a janeiro de 2010. A partir de visitas aos domicílios sorteados realizou-se: aplicação de questionário demográfico, aferição do peso e altura, avaliação socioeconômica sobre renda familiar e nível de escolaridade, prática de atividade física, consumo de álcool e hábito de fumar. Quando aplicado o modelo estatístico comum, observou-se relação entre a prevalência de sobrepeso e obesidade com os seguintes fatores: faixa etária e gênero na amostra total e quando distribuídos por faixa etária; escolaridade, na amostra total e quando distribuídos por faixa etária; renda quando distribuídos por faixa etária com base na renda mediana. Quanto ao estilo de vida somente o hábito de fumar teve associação com a prevalência de sobrepeso e obesidade na faixa etária de adultos e na amostra total. Foram significativos os seguintes resultados (p < 0.05): na faixa etária de 20 a 59 anos, quando o indivíduo tinha escolaridade maior ou igual ao ensino médio, o IMC médio aumentava em 2,4760 kg/m2; na faixa etária &#8805; 60 anos, quando o individuo era do sexo feminino o IMC aumentava em média 1,7209 kg/m2. Ressalta-se que a escolaridade e o sexo feminino destacaram-se também no ajuste para população total como maiores influenciadores do aumento do IMC, parecendo em seguida, as variáveis atividade física e renda familiar. Com base nos resultados ajustados justificam-se políticas de intervenção e de prevenção destas condições clínicas para a população estudada como um todo e especialmente direcionadas aos indivíduos adultos de maior nível de escolaridade, assim como para os indivíduos idosos do sexo feminino.
Abstract: This study assessed the overweight, obesity and BMI - Body Mass Index prevalence adjusted for demographic, socioeconomic and lifestyle variables in all age groups. This is a cross-sectional population-based epidemiological study with stratified and systematic sampling involving 1165 individuals of all ages from the population of a city in northeastern Brazil, from July 2008 to January 2010. From visits to selected households, the following was performed: application of a demographic questionnaire, weight and height measurement, socioeconomic evaluation on family income and education level, practice of physical activities, alcohol consumption and smoking. When the common statistical model was applied, a relationship was observed between overweight and obesity prevalence and the following factors: age group and gender in the total sample and when distributed by age, educational level, in the total sample and when distributed by age group, income when distributed by age group based on the median income. As for lifestyle, only smoking was associated with overweight and obesity prevalence in adults and in the total sample. The following results were significant (p <0.05): age group from 20 to 59 years, when the individual had schooling greater than or equal to high school, the average BMI increased by 2.4760 kg/m2; age group &#8805; 60 years, when the individual was female and BMI increased on average 1.7209 kg/m2. It is noteworthy that schooling and being female also stood out in the adjustment to total population as major factors influencing the increased BMI, followed by variables physical activity and family income. The adjusted results justify the adoption of intervention and prevention policies against these clinical conditions for the study population as a whole, specially directed to adults of higher education level, as well as for elderly females.
Keywords: Obesidade
Escolaridade
Renda
Estilo de Vida
População Total
Obesity
Schooling
Income
Lifestyle
Total Population
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Ciências da Nutrição
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Ciências da Nutrição
Citation: LIMA, Raquel Patricia Ataíde. Sobrepeso, obesidade e imc ajustado por diversos fatores na população de um município brasileiro em todas faixas etárias.. 2012. 133 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2012.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4281
Issue Date: 23-Oct-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File SizeFormat 
Arquivototal.pdf2.11 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.