???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4302
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Suplementos alimentares: adequabilidade à legislação e efeitos metabólicos em ratos
???metadata.dc.creator???: Ferreira, Alan de Carvalho Dias
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Silva, João Andrade da
First advisor-co: Costa, Maria José de Carvalho
???metadata.dc.description.resumo???: Suplementos alimentares têm sido extensamente consumidos por praticantes de exercícios físicos e atletas. Pesquisadores têm observado a inadequabilidade da composição destes produtos, além de detectar a presença de andrógenos, aumentando a suspeita sobre sua verdadeira composição. O objetivo dessa pesquisa foi listar e classificar os suplementos alimentares comercializados nos pontos de venda de João Pessoa; verificar a adequabilidade dos produtos à legislação vigente; analisar os efeitos em ratos jovens submetidos a exercício físico, desencadeados pela ingestão crônica de suplementos amplamente comercializados sobre: o consumo alimentar e ganho de peso corporal; níveis de testosterona total; e, composição corporal (percentual de gordura e massa magra). Em uma pesquisa de campo descritiva e experimental, em um primeiro momento, identificou-se os produtos nos pontos de venda da cidade de João Pessoa-PB, representados por farmácias, lojas especializadas e supermercados. Comparou-se a composição e as características rotuladas dos suplementos com os fatores essenciais de composição e qualidade fixadas pela Portaria 222/98 da ANVISA. Os produtos que não se enquadravam na Portaria foram classificados em categorias de acordo com sua composição e/ou sua denominação de mercado. No trabalho experimental, distribuiu-se 60 ratos machos jovens Wistar em cinco grupos (n=12/grupo) (CT controle treinado; CS controle sedentário; ST1 treinado/suplementado 1; ST2 treinado/suplementado 2; ST3 treinado/suplementado 3). Por gavagem, ST1, ST2 e ST3 receberam 2,5g de cada suplemento e CT e CS receberam água filtrada. Semanalmente, registrou-se o peso e o consumo alimentar. Após oito semanas, realizaram-se dosagens de testosterona total e determinação de gordura e proteína das carcaças. Catalogou-se 945 produtos diferentes, a maior parte (43%) considerada Alimentos para Praticantes de Atividade Física (APAF) e 28% de produtos com comercialização proibida no Brasil. Dentre os APAF, nenhum apresentou todas as características exigidas pela legislação, principalmente por conter, de acordo com o rótulo dos produtos, excesso de vitaminas e minerais, ou não apresentar a quantidade mínima de proteínas. Entre os suplementos analisados 42% apresentavam denominação inadequada e 33% apresentaram expressões proibidas. Os resultados do trabalho experimental demonstraram que tanto o exercício como a suplementação promoveram menor ganho de peso (p<0,05). O exercício não alterou os níveis de testosterona total, entretanto, os três suplementos promoveram redução destes níveis (p<0,001). Os grupos ST1, ST2, ST3 apresentaram percentual de gordura duas vezes maior do que o grupo CT (p<0,001). CT apresentou quantidade de proteína corporal total maior (p<0,05) que os suplementados. Considerando-se o alto índice de inadequabilidade, principalmente quanto ao excesso de vitaminas e minerais e à menor proporção de proteínas rotuladas, demonstra-se a necessidade de controle e fiscalização desses produtos. A avaliação da adequabilidade da composição e das características rotuladas permite verificar se o suplemento ou grupo de suplementos contém os nutrientes mínimos para gerar seus efeitos esperados, seja na performance, na saúde ou na nutrição. Os dados encontrados indicam que cronicamente os suplementos causaram aumento de tecido adiposo, menor ganho de massa muscular e menor ganho de peso, provável consequência da menor secreção de testosterona. Os resultados similares para os três grupos reforçam a hipótese de que os suplementos continham andrógenos ou seus precursores.
Abstract: Dietary supplements are widely consumed by exercise practitioners and athletes. Researchers have noted the inadequacy of such products, as well as the presence of androgens, increasing suspicion about their true composition. The objective of this research was to list and classify food supplements sold in retail outlets in Joao Pessoa, check the products suitability to existing laws; to analyze the effects in young rats subjected to exercise, caused by the chronic ingestion of supplements widely marketed on: food intake and body weight gain, levels of total testosterone, and body composition (fat percentage and lean mass). In a survey of descriptive and experimental field, at first, we identified the products sold in Joao Pessoa city, represented by pharmacies, specialized stores and supermarkets. We compared the composition and characteristics of supplements labeled with the minimal of composition and quality set by Ordinance 222/98 ANVISA. Products that were not included in the Ordinance were classified among categories according to their composition and/or its market name. In the experimental work, sixty young male Wistar rats were distributed into five groups (n = 12/group) (TC - trained control; SC sedentary control; ST1 supplemented/trained 1; ST2 - supplemented/trained 2; ST3 - supplemented/trained 3). By gavage, ST1, ST2 and ST3 received 2.5g of each supplement and TC and SC got filtered water. Animals weight and food intake were measured weekly. After eight weeks, animals were sacrificed and blood concentration of total testosterone were measured and carcasses fat and protein determination. A total of 945 different products were determined, most of them (43%) considered Foods for Physical Activity Practitioners (FPAP) and 28% of products forbidden in Brazilian market. Among the FPAP, none of them had all the legislation features, mainly because it contains, according to the products labeling, vitamins and minerals excess, or may not show the minimum amount of protein. Considering the studied supplements, 42% showed inadequate designation and 33% showed forbidden expressions. The results of experimental work showed that both exercise and supplementation promoted less weight gain (p<0.05). The exercise did not alter the levels of total testosterone, however, the three supplements promoted reduction of testosterone levels (p <0.001). Fat percentage of ST1, ST2 and ST3 groups showed two times higher than the TC group (p<0.001). TC showed the amount of total body protein higher (p<0.05) than the supplemented groups. The high inadequacy rate, mainly with vitamins and minerals excess and the lower proportion of labeled proteins, demonstrates the need for supplements control according to the law. The suitability assessment allows to see if the supplement or group of supplements containing the nutrients minimum levels to generate their expected impact, either in performance, health or nutrition. The data indicate that chronically supplements caused an increase of adipose tissue, lower gain muscle mass and lower weight gain, mainly because of the decreased secretion of testosterone. Similar results for the three supplements tested support the hypothesis that they contain androgens or their precursors.
Keywords: Suplementos Nutricionais
Exercício Físico
Esteróides Anabolizantes
Andrógenos
Recursos Ergogênicos
Ratos
Dietary Supplements
Exercise
Anabolic Esteroids
Androgens
Ergogenic Aids
Rats
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Ciências da Nutrição
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Ciências da Nutrição
Citation: FERREIRA, Alan de Carvalho Dias. Suplementos alimentares: adequabilidade à legislação e efeitos metabólicos em ratos. 2010. 88 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4302
Issue Date: 10-Feb-2010
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File SizeFormat 
arquivototal.pdf1.03 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.