???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4313
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Caracterização nutricional e atividade biológica de folhas orgânicas de cenoura (daucus carota l.)
???metadata.dc.creator???: Leite, Maria Clerya Alvino 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Gadelha, Tatiane Santi
???metadata.dc.description.resumo???: Os vegetais folhosos não convencionais podem ser utilizados na alimentação humana em quantidades adequadas como fonte alternativa de nutrientes. Entretanto, antes de seu consumo, deve-se levar em conta sua composição nutricional, que depende de sua biodisponibilidade e ausência de citotoxicidade e fatores antinutricionais. Neste estudo, folhas de cenoura foram analisadas para se determinar a composição centesimal, fatores antinutricionais e atividade hemolítica, antibacteriana e antifúngica. A composição centesimal e o teor de fatores antinutricionais (lectinas, taninos e saponinas) foram determinados na folha fresca, branqueada, cozida e liofilizada. Para a extração das proteínas, foram utilizadas seis soluções sob agitação constante durante 3 horas à temperatura de 25ºC, obtendo-se o extrato bruto. O ensaio de hemaglutinação foi determinado por meio de diluição duplo-seriada do extrato em tubos de ensaio contendo solução salina e eritrócitos a 3% de sangue humano A, B e O e de coelho. Foi investigada a especificidade da lectina por açúcares utilizando inibição com diversos carboidratos simples. O teor de proteínas solúveis foi realizado pelo método de Bradford. A inativação da lectina foi testada com o extrato bruto com uma variação de pH (2,08 a 13,08) e temperatura (40 a 100ºC). O extrato protéico foi precipitado com sulfato de amônio a 80% de saturação, obtendo a fração ativa (0-80). Esta foi submetida à cromatografia de afinidade (estroma-poliacrilamida) e utilizada na verificação da resistência da lectina frente a agentes quelantes, desnaturantes, redutores, oxidantes e enzimas proteolíticas (tripsina, papaína e bromelaína). Após tratamento da lectina com estes agentes, realizou-se teste de atividade hemaglutinante (AH). Os taninos totais foram determinados usando o ácido tânico como padrão e a atividade hemolítica para a procura de saponina. Realizaram-se testes de atividade antibacteriana, antifúngica e hemolítica com a fração protéica. A AH foi melhor verificada quando se utilizou NaCl 0,15 M. Dentre os eritrócitos testados a lectina aglutinou preferencialmente os de coelho tratado e não tratado com enzimas proteolíticas (154,26 UH/mgP), apresentando especificidade pelos carboidratos lactose, galactose e arabinose. Verificou-se que a lectina é inativada em temperaturas, a partir de 100ºC e em pH ácido 2,08. A amostra lectínica se mostrou resistente a ação de enzimas proteolíticas, agente redutor, oxidante e desnaturante por 30 minutos. Porém, a perda total da AH ocorreu com a administração do quelante no dia e do agente desnaturante após overnight. Na presença de íons isolados a AH foi mantida. A cromatografia mostrou um pico que apresentou AH e o perfil protéico das frações e dos picos ativos e não ativos foram submetidos à eletroforese em gel de poliacrilamida em presença de dodecil sulfato de sódio (SDS) indicando uma purificação parcial. Os teores de taninos totais variaram de 0,16% para folha cozida a 0,60% para a folha fresca. A pesquisa de saponina foi negativa na amostra analisada. A fração protéica não apresentou efeito inibitório sobre o crescimento de fungos dermatófitos, todavia, apresentou atividade contra Staphylococcus aureus e Escherichia coli com uma concentração inibitória mínima de 1,9 μg/mL de proteína. As amostras testadas não causaram efeito hemolítico frente a eritrócitos humanos A e B. Conclui-se a partir do presente estudo, que as folhas de cenoura possuem propriedades nutricionais que a habilitam para consumo. Possui ainda fatores antinutricionais que são inativados pelo calor.
Abstract: Non-conventional leafy vegetables can be used as food in adequate quantities as an alternative source of nutrients. However, before its consumption, should take into account their nutritional composition, which depends on its bioavailability and the absence of cytotoxicity and anti-nutritional factors. In this study, leaves of carrot were analyzed to determine the proximate composition, antinutritional factors and haemolytic activity, antibacterial and antifungal. Chemical composition and content of antinutritional factors (lectins, tannins and saponins) were determined in fresh leaves, bleached, boiled and lyophilized. For extraction of proteins, we used six solutions under stirring for 3 hours at 25°C, and the crude extract. Hemagglutination assay was determined by double serial dilution of the extract in test tubes containing saline and erythrocytes at 3% of human blood A and B, and rabbit. We investigated the specificity of the lectin by sugars using inhibition with many simple carbohydrates. Soluble proteins was performed by Bradford method. The inactivation of the lectin was tested with the crude extract with a pH variation (2.08 to 13.08) and temperature (40 to 100º C). Protein extract was precipitated with ammonium sulfate at 80% saturation, obtaining the active fraction (0-80). This was subjected to affinity chromatography (stromapolyacrylamide) and used to check the resistance of the lectin against chelating agents, denaturants, reducing agents, oxidants and proteolytic enzymes (trypsin, papain and bromelain). After treatment of the lectin with these agents, there was testing hemagglutination activity (HA). Tannins were determined using tannic acid as standard and the hemolytic activity of saponin for the search. Tests were carried out for antibacterial, antifungal and haemolytic with the protein fraction. The HA was best seen when using 0.15 M NaCl. Among the erythrocytes tested lectin preferentially agglutinated rabbit treated and not treated with proteolytic enzymes (154.26 HU/mgP), with specificity for the carbohydrate lactose, galactose and arabinose. It was found that the lectin is inactivated at temperatures from 100ºC and at acid pH 2.08. Lectin sample was resistant to proteolytic enzymes, reducing agent, oxidizing and denaturing for 30 minutes. However, the total loss of HA occurred with the administration of chelating agent on the day and overnight after denaturing. Ions in the presence of isolated HA was maintained. Chromatography showed a peak that had HA and protein profile of fractions and the active peaks and no assets were subjected to electrophoresis on polyacrylamide gel in the presence of sodium dodecyl sulfate (SDS), indicating a partial purification. Total tannin contents ranged from 0,16% to 0,60% cooked leaf to fresh leaf. Research saponin was negative in the sample. The protein fraction showed no inhibitory effect on the growth of dermatophyte fungi, however, showed activity against Staphylococcus aureus and Escherichia coli with a minimum inhibitory concentration of 1,9 μg/mL of protein. Samples tested did not cause hemolytic effect against human erythrocytes A and B. We conclude from this study that the carrot leaves have nutritional properties that enable it to use. It also has anti-nutritional factors that are inactivated by heat.
Keywords: Folhas de cenoura
Composição nutricional
Vegetais folhosos
Fatores antinutricionais
Lectinas
Carrot leaves
Nutritional composition
Leafy vegetables
Antinutritional factors
Lectins
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Ciências da Nutrição
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Ciências da Nutrição
Citation: LEITE, Maria Clerya Alvino. Caracterização nutricional e atividade biológica de folhas orgânicas de cenoura (daucus carota l.). 2010. 113 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Nutrição) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4313
Issue Date: 15-Dec-2010
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Nutrição

Files in This Item:
File SizeFormat 
arquivototal.pdf971.63 kBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.