???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4647
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Quando as exceções desafiam as regras: vozes de pessoas com deficiência sobre o processo de inclusão no ensino superior
???metadata.dc.creator???: Nascimento, Vera Creusa de Gusmão do 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Ferreira, Windyz Brazão
???metadata.dc.description.resumo???: Esta pesquisa tem como foco de estudo a experiência de inclusão de pessoas com deficiência no Ensino Superior. E como objetivo explorar as experiências de inclusão educacional para identificar fatores que facilitaram e/ou dificultaram o acesso ao ensino superior e a permanência nele. No atual contexto da política pública de inclusão do Governo Federal, o tema inclusão de pessoas com deficiência no Ensino Superior ainda é pouco explorado, principalmente no que se refere a experiências de participação na vida acadêmica, a partir da voz do próprio universitário com deficiência. Esta se caracteriza por uma pesquisa descritiva, exploratória que busca ampliar a reflexão sobre o processo de inclusão e parte da escuta de experiências de escolaridade de oito universitários matriculados em Universidade/Faculdade de Recife PE e João Pessoa PB. O estudo envolveu pessoas com deficiência física, deficiência auditiva/surdez, deficiência visual/cegueira e baixa visão, deficiência intelectual/síndrome de down. Na atualidade, devido ao preconceito e marginalização que sofrem as pessoas com deficiência, elas têm seu processo de escolarização retardado e chegam tardiamente ao ensino superior. O estudo evidenciou que a educação inclusiva se constitui o meio de combater a exclusão e marginalização. Parte-se do princípio constitucional de que a educação é um direito subjetivo, e a pessoa com deficiência é um sujeito de direito. Os resultados aqui obtidos apontam que ainda é muito pequeno o percentual de matrícula de jovens com deficiência no Ensino Superior, considerando que essas pessoas demoram mais para ingressar nesse nível de ensino. Também foi possível observar que o preconceito e falta de acessibilidade nas Universidades/Faculdades ainda se constituem num grande entrave para o acesso às instituições de ensino superior e permanência nelas. Foram identificadas ações isoladas de algumas instituições de ensino, no entanto ainda há uma grande carência de políticas públicas e institucionais direcionadas para atender às especificidades desse grupo social. Por outro lado, foi possível evidenciar que a família se constitui em um fator que favorece e, em alguns momentos, dá sustentação ao processo de inclusão educacional. Além do que se pode verificar que, com tenacidade e perseverança, a pessoa com deficiência enfrenta as diversas barreiras que se interpõem à sua participação na vida acadêmica.
Abstract: This research focuses on the experience of inclusion of people with disability in higher education. It aims at exploring these experiences in order to identify factors that help or hinder access and permanence of university students with disabilities in the university. This theme is still underexplored in the current political panorama, mainly in what concerns to experiences of participation in academy life by listening to the voices of students with disabilities themselves. This study is am exploratory and descriptive research that intends to provoke reflection on the process of inclusion at higher education. For this purpose, eight students from different higher education institutions in Recife/PE and João Pessoa/PB have been listened to. The population consists of one male and one female who have the same disability, including, are people with mental handicap, visual impairment, physical disability and hearing problems. Findings show that (a) the person with disability him/herself are persistent, tenacious and persevering to accomplish their objective and overcome barriers; (b) families play a relevant role in the process of supporting the basic education and for accessing higher degrees; (c) due to prejudice and marginalization people with disability tend to delay their basic education schooling, therefore, they initiate also late graduate courses and (d) the percentage of university students with disabilities in higher education is still very low and the face several and continuous barriers of physical access, attitudinal barriers, communication and information barriers as well as pedagogical ones. The study also shows that, at institutional level there are some isolated initiatives to respond to the needs of this group and that inclusive education policy helps to combat exclusion.
Keywords: Deficiência
Exclusão e Inclusão
Ensino Superior
Disability
Inclusion
Higher education
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Educação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Educação
Citation: NASCIMENTO, Vera Creusa de Gusmão do. Quando as exceções desafiam as regras: vozes de pessoas com deficiência sobre o processo de inclusão no ensino superior. 2011. 117 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4647
Issue Date: 1-Dec-2011
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.4 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.