???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4710
???metadata.dc.type???: Tese
Title: O curso Proeja e a formação do educando camponês: identidades e reconhecimento
???metadata.dc.creator???: Rodrigues, Ana Cláudia da Silva 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Prestes, Emília Maria da Trindade
???metadata.dc.description.resumo???: Esta tese focou seu principal interesse na questão da identidade, ou mais precisamente na redefinição de identidades propiciada por uma experiência educativa formal no caso o PROEJA - direcionada a pessoas habitantes do campo e historicamente excluídas ou com dificuldades de participarem de um processo formal de escolarização em níveis mais avançados, a exemplo do ensino médio. Nosso objetivo foi analisar se o curso Técnico de Nível Médio Agrícola na modalidade Jovens e Adultos (PROEJA) destinado a formação profissional de jovens do campo, está tratando a especificidade e problemática desses jovens no sentido de consolidar o fortalecimento das suas identidades. As hipóteses e as questões do estudo emergiram à medida que a pesquisa foi sendo desenvolvida. Estudamos como os processos relacionados aos percursos identitários e as mudanças relacionadas principalmente aos jovens e adultos que participam do PROEJA baseando-se, fundamentalmente nas compreensões de identidade formuladas por Giddens, Bauman e Hall, os seus percursos de vidas e suas relações pessoais e com a sociedade, devido a sua condição cultural e social, sofre diferentes discriminações e falta de reconhecimentos (Honneth) advindas de negações de seus direitos individuais e sociais. Adotamos como abordagem metodológica a pesquisa qualitativa,como método o biográfico e como instrumento a entrevista,uma vez que a descricão das vidas dos jovens e adultos educandos, através das suas narrativas facilitou estudar as provaveis influências do PROEJA nas redefinicões das identidades dos seus jovens e adultos. Nas discussões, das suas trajetórias de vida houve a possibilidade do educando do PROEJA pensar sobre sua vida, reconhecer como foi/esta sendo o seu percurso no curso de vida e particularmente no PROEJA e refletir sobre as atribuições deste curso de formação profissional nas mudanças processadas durante a caminhada e consequentemente redefinindo as suas identidades e suas condições e relações. O PROEJA, portanto, foi a oportunidade de jovens e adultos reconstruírem sua identidade, negociando sentidos e buscando alternativas para o enfretamento social e o reconhecimento.
Abstract: This thesis focused on his main interest in the issue of identity, or more precisely the redefinition of identities brought about by a formal educational experience - in this case PROEJA - directed at people in the countryside and historically excluded or hard to participate in a formal schooling in later levels, like high school. Our objective was to analyze whether the course Agricultural Technical High School in the sport and Young Adults (PROEJA) for vocational training of young field, and is treating the specific problems of these young people to consolidate the strengthening of their identities. The hypotheses and questions of the study emerged as the study was being developed. We study how the processes related to identity pathways and changes related mainly to young people and adults who participate in PROEJA based primarily on understandings of identity formulated Giddens, Bauman and Hall, their paths of life and their personal relationships and society due to its cultural and social condition, suffer different types of discrimination and lack of recognition (Honneth) arising from denials of their individual and social rights. We take the interview as a methodology since the description of the lives of young and adult learners, through their narratives, biographical method, facilitated study the probable influences of PROEJA redefinitions of the identities of its youth and adults. Through discussions, the trajectories of their lives was the possibility of educating the PROEJA think about your life, acknowledge it was / is being his journey in the course of life and particularly in PROEJA and reflect on the tasks of this vocational training course in the changes processed during walking and thereby redefining their identities and their conditions and relations. The PROEJA, so it was an opportunity for youth and adults to rebuild their identity, negotiating meanings and seeking alternatives to coping and social recognition. KEY WORDS: identity, recognition, and young adults, peasants.
Keywords: Educação de Jovens e Adultos - EJA
Educação no campo
Identity
Recognition
Young adults
Peasants
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Educação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: RODRIGUES, Ana Cláudia da Silva. O curso Proeja e a formação do educando camponês: identidades e reconhecimento. 2013. 177 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4710
Issue Date: 20-Mar-2013
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.57 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.