???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4805
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Reflexão sobre a Matemática e seu processo de Ensino-aprendizagem: implicações na (re)elaboração de concepções e Prática de Professores.
???metadata.dc.creator???: Silva, Adelmo Carvalho da 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Rêgo, Rogéria Gaudencio do
???metadata.dc.description.resumo???: Este estudo busca aprofundar a compreensão da importância da reflexão para o desenvolvimento da prática docente. As investigações produzidas no âmbito dessa perspectiva a epistemologia da prática têm constatado que o exercício da reflexão/prática reflexiva desempenha um papel fundamental na formação inicial e continuada e na compreensão da ação educativa. No entanto, há pouca informação no que se refere ao papel da reflexão no desenvolvimento de concepções sobre a Matemática e seu ensino. O objetivo desta pesquisa foi investigar o pensamento reflexivo dos professores sobre a Matemática e seu processo de ensino-aprendizagem e sua importância na (re)elaboração de suas concepções. A investigação teve como propósito responder às seguintes questões: Qual a importância da reflexão para o desenvolvimento do pensamento e da ação do professor que ensina Matemática nos anos iniciais do Ensino Fundamental? Que modelo(s) de reflexão deve(m) configurar a prática desse professor? Que prática reflexiva contribui para a (re)elaboração das concepções do professor sobre a Matemática e seu ensino? A prática do registro sobre a aprendizagem matemática do aluno contribui para a aquisição e compreensão de novos saberes e conhecimentos pedagógicos? Para tanto, norteia-se, inicialmente, no conceito de reflexão apresentado pelo filósofo John Dewey (1959), em sua obra Como pensamos, e nos desdobramentos do termo apontados por Schön (1983, 2000), Shulman (1987), Moraes (1997) e Chardin (2006). Expande a compreensão do termo na vertente da reflexão críticoemancipatória defendida por Car (1996), Kar e Kemmis (1998), Giroux (1986; 1992; 1997), Zeichner (1993a, 1993b) e Contreras (2002). Parte da premissa de que a reflexão/prática reflexiva é possibilitadora da (re)elaboração de concepções sobre a Matemática e seu processo de ensino-aprendizagem e, desse modo, possibilita novas maneiras de entendimento sobre o que e como ensinar essa disciplina. Utiliza as abordagens da pesquisa qualitativa e do método interpretativo para analisar o conteúdo da reflexão de seis professoras dos anos iniciais do Ensino Fundamental, acerca da Matemática e seu processo de ensino-aprendizagem. Os instrumentos utilizados na análise foram a observação, entrevistas e análise de documentos registros de aulas e fichas de avaliação. Aponta os seguintes resultados: os professores utilizam as concepções adquiridas no momento da formação básica e inicial para orientar a prática educativa. A (re)elaboração de concepções sobre a Matemática e seu ensino é desencadeada através de um movimento cíclico, iniciando-se com a reflexão sobre a ação e dando continuidade nos momentos da formação continuada, através da reflexão coletiva sobre o processo de ensino-aprendizagem desta disciplina. Conclui que a reflexão coletiva age como impulsionadora de mudanças nas concepções dos professores sobre a Matemática e seu ensino. Nesse sentido, a investigação constitui-se como um caminho interessante para discussões relacionadas ao pensamento do professor sobre a Matemática e seu ensino, o desenvolvimento e a compreensão da prática, dos conhecimentos e dos saberes e da formação de professores.
Abstract: This study aims to go deeper into the understanding of how important reflection is for the development of the teacher s practice. The produced surveys concerning this perspective the epistemology of the practice have realized that the exercise of reflection/reflective practice presents an outstanding role in the initial and continuous formation and as regards understanding the educational practice. Nevertheless, there is little information referring to the reflection role in the development of conceptions about Mathematics and its teaching. The objective of this research was to investigate the teachers´ reflective thinking about Mathematics and its teaching-learning process and its importance in the (re)elaboration of its conceptions. The investigation had the purpose to answer the following questions: What is the importance of reflection for the thinking and action development of the teacher who teaches Mathematics in the first years of Elementary School? Which reflection model(s) should encompass this teacher s practice? Which reflective practice contributes for the (re)elaboration of the teacher s conceptions about Mathematics and its teaching? Does the register practice about the student s mathematical learning contribute for the acquisition and understanding of new pedagogical learning and knowledge? Hence, this research is, initially, based on the reflection concept presented by the philosopher John Dewey (1959), in his work How we think, and in the outcome for the term pointed out by Schön (1983,2000), Shulman (1987), Moraes (1997) and Chardin (2006). Then, the understanding of the term is enlarged taking into account the emancipatory-critical reflection advocated by Car (1996), Kar and Kemmis (1998), Giroux (1986; 1992; 1997), Zeichner (1993a, 1993b) and Contreras (2002). This work has as starting point that reflection/reflective practice enables the (re)elaboration of conceptions about Mathematics and its teaching-learning process and, thus, it provides new understanding manners about what and how to teach this subject. It uses both qualitative research and interpretative method approaches in order to analyze the reflection content of six teachers, from the first years of Elementary School, about Mathematics and its teachinglearning process. The instruments used for the analysis were observation, interviews and documental analysis classroom registers and assessment files. It points out the following results: the teachers use the conceptions acquired during the basic and initial formation in order to guide the educational practice. The (re) elaboration of conceptions about Mathematics and its teaching is triggered by a cyclic movement, being initiated by the reflection about action and, thus, being further accomplished during the continuous formation by means of collective reflection about the teaching-learning process of this subject. It can be concluded that collective reflection promotes change in the teachers´ conceptions about Mathematics and its teaching. In this sense, the investigation is an interesting way for discussions related to the teacher s thinking about Mathematics and its teaching, the development and understanding of practice, knowledge and learning as well as teachers´ formation.
Keywords: Reflexão
Matemática
Concepções
Ensino-aprendizagem da Matemática
Reflection
Mathematics
Conceptions
Mathematics Teaching-Learning
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Educação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: SILVA, Adelmo Carvalho da. Reflexão sobre a Matemática e seu processo de Ensino-aprendizagem: implicações na (re)elaboração de concepções e Prática de Professores.. 2009. 246 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2009.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/4805
Issue Date: 26-Mar-2009
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File SizeFormat 
arquivototal.pdf3.14 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.