???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/5077
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Perfil epidemiológico dos neonatos nascidos em uma maternidade-escola na Paraíba
???metadata.dc.creator???: Neves, Ana Flavia Gomes de Britto 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Vianna, Rodrigo Pinheiro de Toledo
???metadata.dc.description.resumo???: Introdução: A mortalidade infantil (MI) é um dos indicadores fundamentais para avaliação da qualidade de vida da população. Pode ser classificada em mortalidade neonatal e pós neonatal e seu cálculo traduz a incidência de óbitos de crianças menores de um ano para cada 1.000 nascidos vivos. O perfil de morbidade na infância também é importante para a avaliação da qualidade da saúde e das necessidades deste grupo. A integralidade do cuidado na infância visa assegurar o bom desenvolvimento físico, biológico, psíquico e social, sendo parte ideológica das políticas de saúde vigentes no Brasil. A investigação epidemiológica das condições de gestação, parto e nascimento, assim como intercorrências maternas e neonatais, permite obter informações para avaliar ações do Pacto pela Redução da Mortalidade Infantil e das políticas públicas de saúde na Paraíba. Objetivo: descrever o perfil epidemiológico dos neonatos nascidos em uma maternidade escola na Paraíba, referência em partos de alto risco, considerando as condições de pré-natal, de parto e de nascimento. Metodologia: Realizou-se uma coorte prospectiva de nascimento com a inclusão de todos nascidos vivos da maternidade escola no período de setembro a dezembro de 2010. Aplicou-se dois questionários, o primeiro ainda na maternidade e o segundo após 30 dias do nascimento para investigar questões sobre a gestação, o parto e nascimento e morbidade referida do primeiro mês de vida. Na entrevista de seguimento foi realizada uma avaliação de crescimento e desenvolvimento infantil. Foi feita análise descritiva dos dados e análise de sobrevivência considerando como desfecho as morbidades e óbitos neonatais. O estudo foi aprovado pelo comitê de ética em pesquisa local. Resultados: Foram acompanhados 126 recém nascidos. Foram registrados nove malformações fetais, seis óbitos neonatais e seis casos de near miss neonatal (coeficiente de mortalidade neonatal de 42,8 óbitos para cada mil nascidos vivos). As morbidades neonatais mais frequentes problemas do trato respiratório e gastrointestinais, infecções, pele e amamentação. Conclusões: A investigação das morbidades e óbitos neonatais é uma importante estratégia de acompanhamento para este grupo populacional e possibilita planejar medidas para a prevenção de mortes evitáveis pelos serviços de saúde, inclusive nas regiões consideradas prioritárias, como é o caso do Nordeste brasileiro. Mesmo sendo uma maternidade referência, o número de intercorrências, óbitos e morbidades, foi alto necessitando medidas corretivas. A qualificação tecnológica em partos e nascimentos de risco, bem como o suporte neonatal de risco adequado, faz-se necessário para minimização destas ocorrências.
Abstract: Introduction: Infant mortality (IM) is one of the key indicators of a population s quality of life. It may be classified into neonatal or postneonatal mortality and its calculation shows the occurrence of deaths in children under one year old per 1,000 live births. The morbidity profile is also important to assess the quality of health and the needs of this group. The integral care during childhood aims to ensure the healthy physical, biological, psychological and social development, being an ideological part of the current health policies in Brazil. The epidemiological investigation of the conditions of pregnancy, delivery and birth, as well as the maternal and neonatal intercurrences, provides information to evaluate actions of the Reduction of Infant Mortality Pact and public health policies in Paraíba. Objectives: Describe the epidemiological profile of the neonates born in a school-maternity in Paraíba, which is a reference place concerning high-risk deliveries, considering the conditions of prenatal, delivery and birth. Methods: A prospective cohort of birth was conducted, including all the live births in the school-maternity during the period from September and December, in 2010. Two questionnaires were applied, the first one in the maternity and the second one 30 days after the birth to investigate questions about the pregnancy, the delivery and the birth and morbidity referred in the first month of life. In the follow-up interview, an assessment of the child s growth and development was conducted. It was made a descriptive analysis of the data and survival analysis, considering as outcome, the neonatal morbidities and deaths. The study was aproved by the local ethics research committee. Results: 126 neonates were tracked. 9 fetal malformations were recorded, 6 neonatal deaths and 6 cases of neonatal near miss (neonatal mortality rate = 42,8 per 1000 live births). The most frequent neonatal morbidities were jaundice, respiratory tract problems, gastrointestinal, infections, skin and breast feeding. Conclusions: The investigation of morbidities and neonatal deaths is an important strategy to track this population group and provides planning measures to prevent avoidable deaths in the health facilities, including the areas identified as priorities, such as the brazilian northeast. Even being a referential maternity, the number of occurrences, deaths and morbidities was high, requiring corrective measures. The technological qualification in both risk deliveries and births, as well as the appropriate neonatal risk support is necessary to minimize these occurrences.
Keywords: Recém-nascido
Mortalidade infantil
Fatores de risco
Epidemiologia
Newborn
Infant Mortality
Risk Factors
Epidemiology
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::ENFERMAGEM
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Enfermagem
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Citation: NEVES, Ana Flavia Gomes de Britto. Perfil epidemiológico dos neonatos nascidos em uma maternidade-escola na Paraíba. 2011. 96 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/5077
Issue Date: 31-Mar-2011
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Enfermagem

Files in This Item:
File SizeFormat 
arquivototal.pdf1.26 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.