???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/5634
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Maquiavel e a corrupção: doença e remédio
???metadata.dc.creator???: Castro, Lucas da Silva 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Tosi, Giuseppe
???metadata.dc.description.resumo???: A presente tese procurou refletir o problema da corrupção presente no pensamento político republicano do secretário da República Florentina. Para o autor, a experiência histórica da República de Roma na Antiguidade era a fonte de imitação e inspiração adequada para cumprir a meta de realização do maior sonho diurno de Maquiavel: a unificação política da Itália. Procuramos, nessa tese, reunir as várias falas de Maquiavel sobre a corrupção, focando a relação desse problema com a sua feição natural e inevitável, com o aumento da riqueza privada, com as ordenações e a construção das leis. Ao mesmo tempo, estudamos a relação entre corrupção e religião, corrupção e educação, e a relação desse problema com os contatos externos estabelecidos por uma determinada república. A partir desse percurso, podemos afirmar a tese de que Maquiavel, quando pensa a corrupção, refere-se a esta como sendo uma doença, e busca, ao mesmo tempo, os remédios para sanar esse mal. Os remédios são de naturezas diversas, como aponta o autor, entretanto exige uma ampla responsabilidade por parte dos cidadãos, para que estes, no desenrolar dos conflitos naturais e inevitáveis da república, possam forçar a aplicação desses remédios, preparando os conflitos políticos para o aperfeiçoamento da liberdade republicana.
Abstract: The present dissertation sought to reflect upon the corruption problem present in the republican thought of Florentine Republic secretary. For the author, the historical experience of Rome Republic in Antiquity was the adequate source of imitation as well as inspiration to reach Machiavelli s greatest daytime dream: the Italian political unification. In this work, we tried to reunite Machiavelli s many speeches on corruption, relating this problem to his natural and unavoidable trait, with the rising of private life, to law and order construction. At the same time, we investigated the relation between corruption and religion, as well as corruption and education and how such problems were related to external contacts set out by one specific republic. Based on this, it is possible to affirm that when Machiavelli focuses on corruption, he believes it as sickness, and then seeks the remedies to heal it. As the author points out, although such remedies are of diverse nature, they demand a high responsibility from citizens, so that, as republic natural and unavoidable conflicts develop, they are able to force the use of the remedies, preparing the political conflicts to the republic freedom enhancement.
Keywords: Maquiavel
República
Corrupção
Doença
Remédio
Machiavelli
Republic
Corruption
Sickness
Remedy
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Filosofia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Filosofia
Citation: CASTRO, Lucas da Silva. Maquiavel e a corrupção: doença e remédio. 2012. 162 f. Tese (Doutorado em Filosofia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2012.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/5634
Issue Date: 18-Jun-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Filosofia

Files in This Item:
File SizeFormat 
arquivototal.pdf1.35 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.