???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6725
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Morfoanatomia foliar de Ficus subg. Urostigma (Gasp.) Miq. (Moraceae)de ocorrência na Paraíba e revisão etnomedicinal de Ficus L. para o Brasil
???metadata.dc.creator???: Araujo, Nathalia Diniz 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Agra, Maria de Fátima
???metadata.dc.description.resumo???: Ficus L., com cerca de 750 espécies, é o mais rico da família Moraceae, com ampla distribuição nas regiões tropicais do mundo. O gênero caracteriza-se por possuir plantas lactescentes, hábito arbóreo, arbustivo e lianas, muitas vezes hemiepífitas crescendo em ramos de árvores ou nas axilas das folhas de palmeiras. No Brasil, ocorrem cerca de 100 espécies de Ficus, popularmente conhecidas como figueiras e/ou gameleiras , muitas das quais aproveitadas como fontes de produtos têxteis, alimentícios e de uso na medicina popular. Este trabalho teve como objetivo realizar um estudo da morfoanatomia foliar de três espécies de Ficus sugb. Urostigma (Gasp.) Miq. encontradas na Paraíba: Ficus cyclophylla (Miq.) Miq., Ficus elliotiana S. Moore e Ficus caatingae R.M. Castro, e uma revisão da etnomedicina das espécies brasileiras do gênero. Secções transversais de folhas (lâmina e pecíolo) foram realizadas em micrótomo, em material incluído em metacrilato, posteriormente coradas com azul de toluidina. O estudo da venação, das células epidérmicas, testes histoquímicos e MEV foram realizados seguindo os métodos usuais para cada análise. Foi realizada uma revisão da etnomedicina de Ficus, mediante uma pesquisa na bibliografia e em vários bancos de dados. As três espécies estudadas compartilham os seguintes caracteres: mesofilo dorsiventral, feixes vasculares colaterais, presença de inclusões citoplasmáticas do tipo drusas e cristais prismáticos (distribuídas em todos os tecidos da folha), colênquima do tipo angular, epiderme com paredes anticlinais poligonais retas, anfígena, hipoestomática e estômatos anomocíticos. Possuem caracteres diferencias que as distinguem de suas espécies afins, principalmente com relação à organização estrutural do mesofilo, bordo, contorno e vascularização do pecíolo. Com relação à revisão etnomedicinal, foram registradas 27 espécies (23,3%) utilizadas como medicinais no Brasil. Dentre as indicações terapêuticas mais comuns, destacaram-se aquelas referidas para o sistema digestório e contra verminoses intestinais (29%). As partes da planta mais utilizadas foram folhas (63%), seguidas do uso do látex (51,8%). O uso oral foi a principal via de administração (72,7%). A anatomia foliar foi mais relevante que a morfologia externa e pode ser usada para a caracterização das três espécies e para subsidiar o controle de qualidade de suas drogas vegetais, uma vez que forneceu caracteres distintivos para as mesmas. Além disso, o levantamento etnomedicinal forneceu o registro de plantas com usos populares que podem servir de base para a eleição de espécies que poderão ser empregadas como fonte de compostos biologicamente ativos.
Abstract: Ficus L., with about 750 species, is the richest of the family Moraceae, widely distributed in tropical regions of the world. The genus is characterized by lactescentes plants, woody, shrubs and lianas, often hemiepiphytes growing on tree branches or in the leaf axils of palms. In Brazil, there are about 100 species of Ficus, popularly known as "figueiras" and/or "gameleiras", many of which are exploited as sources of textiles, food and used in folk medicine. This study aimed to conduct an analysis of leaf morpho-anatomy of three species of Ficus sugb. Urostigma (Gasp.) Miq. Found in Paraíba: Ficus cyclophylla (Miq.) Miq., Ficus elliotiana S. Moore and Ficus caatingae R. M. Castro, and a review of the ethnomedicine of the species of the genus. Cross sections of leaves (blade and petiole) were performed in microtome in material embedded in methacrylate, stained with toluidine blue. The study of venation, epidermal cells, histochemical analysis and SEM were carried out using standard methods for each analysis. A review of the ethnomedicine of Ficus was performed, through literature search and various databases. The three species share the following characters: dorsiventral mesophyll, collateral vascularization, the presence of cytoplasmic inclusions of druses and prismatic crystals type (distributed in all tissues of the leaf), angular collenchyma, epidermis with straight polygonal anticlinal walls, hypostomatic and anomocytic stomata. They have characters that distinguish them from their related species, particularly with respect to the structural organization of the mesophyll, board, border and vascularization of the petiole. With respect to etnomedicinal revision, 27 species were reported (23.3%) used in traditional medicine in Brazil. Among the most common therapeutic indications, the most important were those reported for the digestive system and against intestinal worms (29%). The plant parts are used more sheets (63%), followed by the use of latex (51.8%). The oral use was the main route of administration (72.7%). Leaf anatomy was more relevant than the external morphology and can be used for the characterization of the three species and to support quality control of his herbal drugs, as it provided for the same distinctive characters. In addition, the survey provided the record etnomedicinal plants with popular uses that can serve as a basis for the election of species that can be employed as a source of biologically active compounds.
Keywords: Etnomedicina
Figueira
Gameleira
Morfoanatomia de Ficus
Plantas medicinais
Ethnomedicine
Figueira
Gameleira
Morpho-anatomy of Fiicus
Medicinal plants
???metadata.dc.subject.cnpq???: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Farmacologia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós Graduação em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos
Citation: ARAUJO, Nathalia Diniz. Morfoanatomia foliar de Ficus subg. Urostigma (Gasp.) Miq. (Moraceae)de ocorrência na Paraíba e revisão etnomedicinal de Ficus L. para o Brasil. 2012. 71 f. Dissertação (Mestrado em Farmacologia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2012.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6725
Issue Date: 27-Feb-2012
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf3.38 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.