???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6744
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Participação dos canais para potássio nos efeitos cardiovasculares induzidos por um novo composto 1,3,4- oxadiazol.
Other Titles: Participation of potassium channels in cardiovascular effects induced by a novel compound 1,3,4-oxadiazole.
???metadata.dc.creator???: Reis, Milena Ramos 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Araújo, Demétrius Antonio Machado de
First advisor-co: Vasconcelos, Darizy Flávia Silva Amorim de
???metadata.dc.description.resumo???: Os efeitos farmacológicos de OXDINH, um derivado 1,3,4-oxadiazol obtido por síntese orgânica, sobre o sistema cardiovascular e a participação dos canais para K+ nesta resposta, foram estudados em ratos usando técnicas combinadas in vivo e in vitro. Em anéis de artéria mesentérica superior isolada de rato, com endotélio funcional, OXDINH (10-10 10-4 M) induziu relaxamento das contrações induzidas por fenilefrina (1 μM) (pD2 = 5,33 ± 0,16, Emáx= 117,03 ± 6.49 %, n = 7) de maneira dependente de concentração e esse efeito não foi atenuado após remoção do endotélio vascular (pD2=5,15 ± 0,09, Emáx= 108,58 ± 6.03 %, n = 6). Esses resultados sugerem que a resposta vasorelaxante induzida pela OXDINH parece ser independente do endotélio vascular. Baseado nessas observações iniciais, os experimentos subseqüentes foram realizados com preparações sem endotélio vascular. Em preparações incubadas com KCl 20 mM, um modulador do efluxo de K+, o efeito vasorelaxante induzido por OXDINH foi alterado (pD2= 4,67 ± 0,08, Emáx= 57,71 ± 1.72%, n = 5), sendo esta uma característicade substâncias que agem por ativar canais para K+. Este efeito foi corroborado após utilização de tetraetilamônio (TEA) 3 mM (Emáx= 44,26 ± 2.41%), que nesta concentração bloqueia não seletivamente os canais para K+. Além disso, o efeito vasodilatador do OXDINH foi significativamente atenuado após incubação com 4- aminopiridina 1 mM (Emáx= 61,17 ± 5,55%), glibenclamida 10 μM (Emáx= 57,00 ± 4,07%), ou BaCl2 30 μM (Emáx= 61,87 ± 7.52%), bloqueadores seletivos dos KV, KATP e KIR, respectivamente. Ao utilizar TEA 1 mM, que nesta concentração é mais seletivo para os BKCa, a vasodilatação também foi atenuada de modo significante (Emáx= 47,31 ± 5.75%), sugerindo a participação destes canais neste efeito. Adicionalmente, quando OXDINH (10-5 e 10-4M) foi incubado em meio despolarizante nominalmente sem Ca2+, as contrações induzidas por CaCl2 não foram alteradas. Porém, estas contrações foram significativamente atenuadas, de maneira dependente de concentração, quando OXDINH (10-4M) foi incubado em solução fisiológica nominalmente sem Ca2+ e na presença de fenilefrina (10μM). Em ratos normotensos não anestesiados, OXDINH (1; 5 e 10 mg.kg-1 i.v., randomicamente) produziu uma hipotensão acompanhada por taquicardia. Interessantemente, na maior dose administrada (30 mg.kg-1) de OXDINH, a resposta foi pressora e taquicárdica, provavelmente por um efeito direto do composto no coração. Em conclusão, esses resultados sugerem que os efeitos biológicos induzidos por OXDINH parecem envolver diretamente a participação de canais para K+, provavelmente pela repolarização/hiperpolarização da membrana e, consequente fechamento dos Cav, impedindo o influxo de Ca2+ através desses canais.
Abstract: It was observed the pharmacological effects of OXDINH, a 1,3,4-oxadiazole derivative obtained by organic synthesis, on the cardiovascular system and the involvement of K+ channels in this response, were studied in rats using techniques combined in vivo and in vitro. In the superior mesenteric artery rings isolated from rats with functional endothelium, OXDINH (10-10 - 10-4 M) induced relaxation of contractions induced by phenylephrine (1 μM) (pD2 = 5.33 ± 0.16, Emax = 117.03 ± 6.49%, n = 7) concentration dependent manner and this effect was not attenuated after removal of the vascular endothelium (pD2 = 5.15 ± 0.09; Emáx = 108.58 ± 6.03%, n = 6). These results suggest that the response induced by vasorelaxant OXDINH seems to be independent of the vascular endothelium. Based on these initial observations, the subsequent experiments were performed with preparations without endothelium. In the preparations incubated with KCl 20mM, a modulator of the efflux of K+, the vasorelaxant effect induced OXDINH was changed (pD2 = 4.67 ± 0.08; Emáx = 57.71 ± 1.72%, n = 5), which is a characteristic of substances that act by activating K+ channels. This effect was corroborated after the use of tetraethylammonium (TEA) 3 mM (Emáx = 44.26 ± 2.41%) that this concentration does not selectively block K+ channels. In addition, the vasodilating effect OXDINH was significantly attenuated after incubation with 4- aminopyridine (1 mM) (Emáx = 61.17 ± 5.55%), glibenclamide (10 μM) (Emáx = 57.00 ± 4.07%), or BaCl2 (30 μM) (Emáx = 61.87 ± 7.52%), selective blockers of KV, KATP and KIR, respectively. By using TEA (1 mM), which at this concentration is more selective for the BKCa, vasodilatation was also found to be significantly attenuated (Emáx = 47.31 ± 5.75%), suggesting the involvement of these channels in this effect. Additionally, when OXDINH (10-5 and 10-4 M) was incubated in depolarizing medium nominally without Ca2+, CaCl2 induced contractions were not changed. However, these contractions were significantly attenuated concentration dependent manner when OXDINH (10-4 M) was incubated in saline without Ca2+ and nominally in the presence of phenylephrine (10μM). In non-anesthetized normotensive rats, OXDINH (1, 5 and 10 mg.kg-1 iv, randomly) produced hypotension accompanied by tachycardia. Interestingly, the highest dose (30 mg.kg-1) of OXDINH, the pressor and tachycardic response was, probably by a direct effect of the compound in the heart. In conclusion, these results suggest that the biological effects induced by OXDINH seem to directly involve the participation of K+ channels, probably by repolarization / hyperpolarization of the membrane and consequent closure of Cav, preventing the influx of Ca2+ through these channels.
Keywords: 1,3,4-oxadiazol
Hipotensão
Anéis mesentéricos
Ação vasorelaxante
Canais para K+
1,3,4-oxadiazole
Hypotension
Mesenteric rings
Vasorelaxant action
K+ channels
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Farmacologia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos
Citation: REIS, Milena Ramos. Participação dos canais para potássio nos efeitos cardiovasculares induzidos por um novo composto 1,3,4- oxadiazol. 2012. 99 f. Dissertação (Mestrado em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2012.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6744
Issue Date: 16-Feb-2012
Appears in Collections:Centro de Ciências da Saúde (CCS) - Programa de Pós-Graduação em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.41 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.