???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6790
???metadata.dc.type???: Tese
Title: Ensaios farmacológicos e toxicológicos pré-clínicos com Zizyphus joazeiro Mart
???metadata.dc.creator???: Estevam, Ethiene Castellucci 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Diniz, Margareth de Fátima Formiga Melo
???metadata.dc.description.resumo???: Zizyphus joazeiro Mart. é uma planta da família Rhamnaceae, popularmente conhecida como juazeiro ou juá , sendo suas folhas e cascas tradicionalmente empregadas pela população do nordeste do Brasil como febrífuga, antiiflamatória, no tratamento de problemas gástricos, doenças de pele e como agente de limpeza dos cabelos e dentes. A ampla utilização desta espécie vegetal pela população com fins medicinais justifica a investigação toxicológica farmacológica como segurança e eficácia para sua aplicação. Neste sentido foi proposto um estudo de sua atividade cicatrizante em feridas cutâneas excisionais experimentalmente induzidas tratadas com concentrações de 5, 10 e 20 mg/ml de extrato e ação antiinflamatória através dos modelos de edema de pata e peritonite induzida por carragenina, além de uma avaliação toxicológica pré-clínica aguda e subcrônica, com duração de 21 dias do extrato etanólico das cascas do caule de Z joazeiro nas doses de 4, 8 e 16 mg/kg após aplicação cutânea. Nos modelos animais avaliados, Z joazeiro demonstrou atividade positiva sobre a cicatrização de feridas com melhora de sinais clínicos. Nas doses de 35 e 175 mg/kg administradas durante 7 dias, reduziu o edema de pata e a migração de leucócitos para a cavidade peritoneal após estímulo promovido por carragenina. Os resultados obtidos através de ensaios toxicológicos, mostraram que o extrato é levemente irritante para a pele na dose de 1000 mg/kg e é capaz de induzir alterações na ingestão de água e alimentos. Quando aplicado durante 21 dias nas doses de 4, 8 e 16mg/kg, a planta causou descamação da pele no local de aplicação, alterou a ingestão de água, alimentos e peso corporal em machos e fêmeas tratados com a maior dose. Foram constatadas alterações nos níveis de creatinina em ambos os sexos, triglicerídeos e plaquetas em machos. Apesar de ter sido considerada uma espécie vegetal com propriedades dermatocosméticas e de baixa toxicidade por via dérmica, o uso tópico deve ser realizado com cautela.
Abstract: Zizyphus joazeiro Mart. is a plant of the Rhamnaceae family, popularly known as "juazeiro" or "juá", and its leaves and bark are traditionally used by the population of northeastern Brazil as a febrifuge, antiinflammatory, in the treatment of stomach problems, skin diseases and as a hair and teeth cleaning. The wide use of this plant species for medicinal purposes by the population justifies pharmacologycal and toxicological studies to ensure the safety and efficacy of its use. In this sense, a study of its healing activity in experimentally induced excisional skin wounds and antiinflammatory action through the models of paw edema and peritonitis induced carrageenan and a toxicological preclinical acute and subchronic, lasting 21 days of the ethanol extract of stem bark of Z joazeiro after dermal application were proposed. In animal models assessed, Z joazeiro demonstrated positive activity on wound healing, improving their clinical signs. At doses of 35 and 175 mg/kg administered for 7 days, the paw edema and leukocyte migration into the peritoneal cavity after stimulation promoted by carrageenan were reduced. The results obtained through toxicological tests show that the extract is slightly irritating to skin at a dose of 1000 mg/kg, and is capable of inducing changes in water and food intake. When applied for 21 days at doses of 4, 8 and 16mg/kg, the plant caused flaking of the skin application site, changed the water and, food intake and body weight in males and females treated with the higher dose. Changes were found in creatinine levels in both sexes, triglycerides and platelet counts in males. Despite being considered a species with dermatocosmetic properties and low dermal toxicity, its continued use by the population should be done cautiously.
Keywords: Zizyphus joazeiro
Inflamação
Cicatrização
Toxicidade dérmica
Zizyphus joazeiro
Inflammation
Wound healing
Dermal toxicity
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Farmacologia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos
Citation: ESTEVAM, Ethiene Castellucci. Ensaios farmacológicos e toxicológicos pré-clínicos com Zizyphus joazeiro Mart. 2012. 114 f. Tese (Doutorado em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2012.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6790
Issue Date: 13-Feb-2012
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos

Files in This Item:
File SizeFormat 
arquivototal.pdf2.5 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.