???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6887
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: O bullying a partir de representações sociais de estudantes e da análise de produções científicas
???metadata.dc.creator???: Miranda, Rosane de Sousa 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Coutinho, Maria da Penha de Lima
???metadata.dc.description.resumo???: O objetivo geral da presente dissertação foi apreender as representações sociais dos estudantes acerca do bullying no contexto escolar e os conteúdos que emergem na produção científica sobre o bullying. Adotou-se um enfoque psicossociológico, por meio do arcabouço teórico da Psicologia Social, conduzido pela Teoria das Representações Sociais, de Serge Moscovici. O estudo compreendeu duas técnicas de pesquisa, uma de campo e outra documental. O lócus da pesquisa de campo foi uma escola pública localizada no município de João Pessoa, na Paraíba. Para a pesquisa documental, foram coletados artigos científicos, a partir de busca na internet, em duas grandes bibliotecas virtuais: o Scielo e a Biblioteca Virtual de Saúde. A palavra-chave utilizada foi: bullying . Na pesquisa de campo, duzentos e sessenta e sete estudantes, com idade média de 16 anos, responderam a uma Escala de Agressão e Vitimização entre Pares e um questionário contendo itens bio-sociodemográficos e de vivências escolares. Em seguida foi composta uma subamostra onde se buscou pelo menos dois participantes para cada nível das variáveis: faixa etária, sexo, cor da pele, satisfação com o corpo e tipo de envolvimento. Participaram desta fase trinta estudantes que responderam a uma entrevista semiestruturada. Os conteúdos da entrevista foram tratados pela Análise Lexical do software Alceste, por meio do procedimento padrão. Este programa computacional também foi utilizado para o processamento dos catorze artigos recolhidos a partir das bibliotecas virtuais investigadas. Os dados coletados com o questionário e a Escala foram analisados por estatísticas descritivas e inferencial (qui-quadrado). Os resultados da entrevista demonstraram que os estudantes representaram socialmente o bullying ancorando-o no preconceito, objetivado em minorias como os gays ; na culpabilização da vítima e banalização da violência, objetivada nos signos brincadeira e rir ; foi ancorado ainda na ausência de suporte escolar e familiar, objetivado em falta de educação e de providências . Os artigos científicos tiveram predomínio de investigações empíricas pautadas principalmente numa classificação padrão de bullying e destacaram a carência de intervenções no Brasil. Quando analisados em conjunto, as representações sociais dos adolescentes e os temas ressaltados nos artigos científicos observou-se aproximação acerca da carência de providências e intervenções. Por outro lado, os discursos se distanciaram à medida que, no caso dos estudantes, as falas denotavam o bullying associado ao preconceito (perspectiva intergrupal), enquanto que os artigos científicos sinalizaram para análises ligadas às correlações com variáveis sociodemográficas (perspectiva interindividual). Estes resultados foram discutidos à luz da literatura especializada. Procurou-se ainda levantar as limitações potenciais do estudo, apontar a sua aplicabilidade e sugerir os desdobramentos de futuras pesquisas e intervenções.
Abstract: The general aim of this dissertation was to apprehend the social representations of students about bullying in the school context and the contents which emerges in the scientific literature on bullying. We adopted a psychosocial approach, through the theoretical framework of social psychology, conducted by the Social Representations Theory of Serge Moscovici. The study involved two techniques: field and documentary research. The locus of the field research was a public school located in the city of Joao Pessoa, Paraiba. For documentary research, scientific papers were collected from a web search in two large virtual libraries: SciELO and the Virtual Health Library. The keyword used was "bullying". In field research, two hundred sixty-seven students, mean age was 16 years old, completed a questionnaire containing bio-sociodemographic items and school experiences and the Scale of Aggression and Peer Victimization. Then a subsample was composed, where we seek at least two participants for each level of the variables: age, sex, skin color, body satisfaction the type of involvement whit bullying. Participated in this stage thirty students who responded to a semi structured interview. The contents of the interview was treated by Lexical Analysis of Alceste software through the standard procedure. This computer program was also used for processing the 14 articles collected from the virtual libraries investigated. Data collected through the questionnaire and the scale were analyzed by descriptive and inferential statistics (chi-square). The interview results showed that students represented socially bullying through the anchoring of prejudice targeted to minorities expressed by gays; blame the victim and the normalization of violence, expressed by "jokes" and "laugh" and even in the absence of school and family support, expressed by "lack of good manners" and "taking action". The papers showed a predominance of empirical investigations based mainly on a standard classification of bullying and highlighted the lack of interventions in Brazil. Taken together, the social representations of adolescents and scientific articles's content, was observed that they approach when they refer to the lack of measures and interventions. On the other hand, speeches took distance, as in the case of students, when their lines denoting prejudice associated with bullying (intergroup perspective), while the scientific content signaled for analysis related to correlations with sociodemographic variables (interindividual perspective). These results were discussed within the literature. We also sought to raise the potential limitations of the study, pointing out its applicability and to suggest the unfolding of future research and interventions.
Keywords: Bullying
Adolescentes
Contexto escolar
Representações sociais
Produção científica
Bullying
Adolescents
The school context
Social representations
Scientific production
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Psicologia Social
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: MIRANDA, Rosane de Sousa. O bullying a partir de representações sociais de estudantes e da análise de produções científicas. 2011. 159 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6887
Issue Date: 17-Feb-2011
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.72 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.