???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6917
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: A relação entre o pensamento moral da justiça e o pensamento moral do perdão
???metadata.dc.creator???: Abreu, Eloá Losano de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Rique Neto, Júlio
First advisor-co: Camino, Cleonice Pereira dos Santos
???metadata.dc.description.resumo???: O desenvolvimento do pensamento moral do perdão tem sido estudado desde a década de 1980 por Robert Enright. Este autor considera o perdão uma virtude moral que se desenvolve dentro da justiça, e que depende dela para ocorrer. Apesar de a revisão da literatura indicar que justiça e perdão são positivamente associados, e que o perdão permite o surgimento de uma justiça com mais compaixão, não existem estudos empíricos que abordem a relação entre os pensamentos de justiça e de perdão, especialmente dentro da abordagem da Psicologia do Desenvolvimento Moral. Nesse sentido, o objetivo do presente estudo foi analisar empiricamente a relação entre o pensamento moral da justiça e o pensamento moral do perdão. Como orientação teórica principal, foi utilizado o modelo de estágios de pensamento de perdão desenvolvido por Enright, Santos e Al-Mabuk (1989), que apresenta seis estágios de raciocínio do perdão, relacionados aos estágios de pensamento de justiça indicados na teoria de Kohlberg (1984). Participaram do estudo 155 estudantes, divididos em três grupos de idade: pré-adolescentes (10 a 14 anos), adolescentes (15 a 19 anos) e jovens adultos (20 a 24 anos). Como instrumento, foi utilizado um questionário composto por dois dilemas morais, o primeiro voltado para identificar os estágios dominantes de pensamento de justiça e o segundo voltado para identificar os estágios dominantes de perdão. Os resultados mostraram que o uso do estágio 4 de justiça foi predominante no pensamento dos três grupos de idade. No que se refere ao perdão, os pré-adolescentes apresentaram maior frequência no estágio 3, enquanto os adolescentes e jovens adultos apresentaram majoritariamente o estágio 4 de pensamento. Foi comprovada, por meio de um teste de Wilcoxon, uma relação de necessidade entre os pensamentos de justiça e de perdão, onde a justiça antecede o perdão no desenvolvimento. Nesse sentido, os estágios de perdão foram sempre iguais ou inferiores aos estágios de justiça no pensamento dos participantes. Assim, os resultados do presente estudo trazem contribuições importantes para a área de estudo sobre o perdão e a justiça na Psicologia. A comprovação de que esses dois pensamentos são associados traz implicações para pesquisas futuras, especialmente para os estudos em educação moral com vistas ao desenvolvimento. No entanto, identificou-se uma relação desequilibrada, onde os estágios de justiça são mais elevados do que os estágios de perdão. Faz-se necessário investigar as causas desse desequilíbrio e desenvolver estratégias para reverter esse processo.
Abstract: The moral development of forgiveness has been studied since the 1980s by Robert Enright. This author considers forgiveness a moral virtue that develops within the justice, and that depends on it to occur. Although the literature review indicates that justice and forgiveness are positively associated, and that forgiveness allows the emergence of a more compassionate justice, there are no empirical studies that address the relationship between reasonings of justice and forgiveness, especially in the approach of Psychology of Moral Development. Accordingly, the objective of this study was to examine empirically the relationship between the moral reasoning of justice and the moral reasoning of forgiveness. As main theoretical orientation was used the stage model of forgiveness reasoning developed by Enright, Santos and Al-Mabuk (1989), which shows six stages of forgiveness reasoning related to the stages of moral reasoning of justice given in Kohlberg's theory (1984). The study included 155 students, divided into three age groups: pre-adolescents (10 to 14 years), adolescents (15 to 19 years) and young adults (20 to 24 years). As a measure, a questionnaire composed of two moral dilemmas was used, the first to identify the stages of dominant reasoning of justice and the second aimed to identify the dominant stages of forgiveness reasoning. The results showed that the use of stage 4 of justice was the prevailing thought in the three age groups. With regard to forgiveness, pre-adolescents had higher frequency in stage 3, while adolescents and young adults showed mostly stage 4 of thought. It was proven by means of a Wilcoxon test, a relationship of necessity between the reasoning of justice and forgiveness where justice precedes forgiveness in development. In this sense, the stages of forgiveness were always less than or equal to the stages of justice in the participant s thinking. Thus, the results of this study provide important contributions to the field of study on forgiveness and justice in Psychology. The proof that these two thoughts are associated has implications for future research, especially for studies in moral education with a view to development. However, an unbalanced relationship was indentified, where the stages of justice were higher than the stages of forgiveness. It is necessary to investigate the causes of this imbalance and develop strategies to reverse this process.
Keywords: Justiça
Perdão
Desenvolvimento moral
Justice
Forgiveness
Moral development
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: BR
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Psicologia Social
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: ABREU, Eloá Losano de. A relação entre o pensamento moral da justiça e o pensamento moral do perdão. 2013. 216 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/6917
Issue Date: 26-Feb-2013
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File SizeFormat 
arquivototal.pdf1.18 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.