???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/7565
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Explicando a disposição para perdoar: o papel dos valores humanos e das crenças no mundo justo/injusto
Other Titles: Explaining willingness to forgive: the role of human values of belief in a just/unjust world
???metadata.dc.creator???: Barbosa, Larisse Helena Gomes Macêdo 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Gouveia, Valdiney Veloso
???metadata.dc.description.resumo???: Esta dissertação objetivou elaborar um modelo explicativo da disposição para perdoar, utilizando instrumentos explícito e implícito, tendo, como variáveis independentes, os valores humanos, a crença no mundo justo e injusto, considerando uma amostra transcultural. Neste sentido, dois estudos empíricos foram levados a cabo. O Estudo 1 considerou uma amostra total de 723 participantes, cuja idade média foi de 26,5 anos (DP = 9,10), em maioria mulheres (73,3%), distribuídos em cinco países: Argentina (n = 54), Brasil (n = 330), Espanha (n = 154), México (n = 83) e Portugal (n = 102). Estes responderam à Escala Geral de Crença no Mundo Justo, Escala de Crenças no Mundo Injusto, Escala de Disposição para Perdoar, Questionário de Valores Básicos e perguntas demográficas. Os resultados apontaram para elaboração de um modelo teórico envolvendo os valores pessoais (experimentação e realização) e as crenças no mundo justo e injusto, predizendo a disposição para perdoar explícita. Este modelo se mostrou satisfatórios aos dados empíricos: [χ²/gl = 7,26, GFI = 0,98, AGFI = 0,94, CFI = 0,91 e RMSEA = 0,09 (0,063 – 0,013)]. O Estudo 2 teve os seguintes objetivos: a) adaptar uma medida implícita de disposição para perdoar (TAI- Perdão) para os cinco países; b) conhecer os correlatos implícitos da disposição para perdoar e c) elaborar um modelo alternativo para explicar essa disposição, envolvendo os valores e as crenças. Contou-se com uma amostra de 449 pessoas dos mesmos países do Estudo 1. Estes tinham idade média de 25,5 anos (DP= 8,40) em maioria mulheres (72,6%). A fim de realizar os objetivos, a amostra foi dividida segundo os países: Argentina (n = 41), Brasil (n = 200), Espanha (n = 84), México (n = 76) e Portugal (n = 48). O TAI – Perdão foi administrado em conjunto com os mesmos instrumentos do Estudo 1. Os resultados mostraram que a medida implícita apresentou validade preditiva. Revelou também que as pessoas dos cinco países apresentaram disposição implícita para perdoar, e que esta disposição se correlaciou positivamente com os valores sociais (interativa e normativa) e as crenças no mundo justo e inversamente com a crença no mundo injusto. O segundo modelo teórico também apresentou índices adequados: [χ²/gl = 3,09 GFI = 0,99, AGFI = 0,96, CFI = 0,93 e RMSEA = 0,07 (0,27 – 0,11)]. Estima-se que os objetivos propostos foram alcançados, com a adaptação transcultural de uma medida implícita de disposição para perdoar, apresentando evidências preliminares de sua validade, além de aumentar o entendimento que se tem em torno da disposição para perdoar a partir das relações que ela estabelece com outros construtos.
Abstract: This dissertation has the objective of create an explicative model of the willingness to forgive, using implicit and explicit questionnaires. The human values and the belief in a just or unjust world was the independent variables, considering a cross-cultural sample. In this sense, two empirical studies was performed. The Study 1 considered a sample of 723 subjects, with mean age of 26.5 years old (DP = 9,10), mostly composed by women (73,3%), and distributed on 5 countries: Argentina (n =54), Brazil (n =330), Spain (n = 154), Mexico (n = 83) and Portugal (n = 102). They answered to General Just World Scale, Unjust Word Scale, Willingness to Forgive Scale, Basic Values Questionnaire and demographic questions. The results pointed to the formulation of a theoretical model involving the Personal goals (excitement and promotion) and beliefs in just and unjust world, predicting the explicit willingness to forgive. This model looks satisfactory by the empirical data observed: [χ²/gl = 7,26, GFI = 0,98, AGFI = 0,94, CFI = 0,91 e RMSEA = 0,09 (0,063 – 0,013)]. The Study 2 aimed: a) adapt an implicit measure of willingness to forgive (IAT- Forgiveness) for the five countries; b) know the implicit correlates of willingness to forgive and c) develop a alternative model to explain this willingness, involving the values and beliefs. Was counted with a sample of 449 participants, from five different countries. These had a mean age of 25.5 years (SD = 8.40) most female (72.6%). In order to achieve the objectives, the sample was divided by country: Argentina (n = 41), Brazil (n = 200), Spain (n = 84), Mexico (n = 76) and Portugal (n =48). The IAT - Forgiveness was given together with the same questionnaires of Study 1. The results showed that the implicit measurement presented predictive validity. It also revealed that people in five countries showed implicit willingness to forgive, and that this willingness correlaciou positively with social goals (interactive and normative) and with the beliefs in a just world and inversely with the belief in an unjust world. The second theoretical model also presented appropriate indices: [χ²/gl = 3,09, GFI = 0,99, AGFI = 0,96, CFI = 0,93 e RMSEA = 0,07 (0,27 – 0,11)]. It is estimated that the objectives were achieved, with the adaptation of of an implicit measure of willingness to forgive for five countries, with preliminary evidence of its validity, and increasing the understanding that has been around willingness to forgive from the relationships it establishes with other constructs.
Keywords: Disposição para perdoar
Willingness to forgive
Valores humanos
Crença no mundo justo
Crença no mundo injusto
Human values
Belief in a just world
Belief in an unjust world
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Psicologia Social
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Citation: BARBOSA, Larisse Helena Gomes Macêdo. Explicando a disposição para perdoar: o papel dos valores humanos e das crenças no mundo justo/injusto. 2015. 204 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Social) - Universidade Federal da Paraíba, João pessoa, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/7565
Issue Date: 26-Feb-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social
Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo Total1.76 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.