???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/9475
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Estudo toxicológico pré-clínico do extrato hidroalcoólico Das partes aéreas de zornia brasiliensis vog. (fabaceae)
???metadata.dc.creator???: Batista, Tatiane Mota 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Sobral, Marianna Vieira Sobral
???metadata.dc.description.resumo???: As plantas medicinais são utilizadas no tratamento de diversas doenças, muitas vezes, de forma indiscriminada, sem o conhecimento prévio de possíveis efeitos tóxicos decorrentes de seu uso. Nesse contexto, torna-se imprescindível a realização de estudos toxicológicos de plantas medicinais. Zornia brasiliensis (Fabaceae), popularmente conhecida como "urinária", "urinana" e "carrapicho", é usada pela população como diurético. Estudos com a espécie relataram atividade antioxidante e citotóxica em larvas de Artemia salina. Como não há relatos na literatura de sua possível toxicidade in vivo, a avaliação do perfil toxicológico é essencial para o uso seguro pela população, bem como para subsidiar a realização de ensaios clínicos e posteriormente a produção de um medicamento fitoterápico. Desse modo, o presente estudo objetivou avaliar a toxicidade pré-clínica do extrato hidroalcoólico das partes aéreas de Zornia brasiliensis (EHZB). O valor de CH50 obtido no ensaio de hemólise foi 1.954 (1.840 - 2.074) μg/mL, demostrando que o extrato apresenta baixa toxicidade em eritrócitos de camundongos. Durante o ensaio de toxicidade pré-clínica aguda, não ocorreram mortes nem alterações comportamentais nos camundongos tratados com 2.000 mg/kg do EHZB. Houve diminuição significativa no consumo de ração nos animais machos em comparação ao grupo controle, entretanto, não houve alteração significativa na evolução ponderal dos animais, os quais apresentaram a recuperação do peso ao final do tratamento. Nenhuma diferença significativa foi observada nos índices dos órgãos (coração, fígado, rins, baço e timo) após tratamento agudo com EHZB. No tocante à avaliação da toxicidade pré-clínica de doses repetidas (28 dias), não foram evidenciadas mortes nos animais tratados com o EHZB (250, 500 e 1000 mg/kg) como também, não foram observadas alterações significativas na evolução ponderal e temperatura corporal desses animais. A administração de EHZB resultou em um aumento significativo da atividade de AST e ALT nos animais machos (1000 mg/kg), e nos animais fêmeas tratados com todas as doses houve aumento da ALT, sugerindo a indução de toxicidade hepática pelo extrato. No entanto, nenhum achado clínico importante foi observado na histopatologia do fígado, sugerindo que essas alterações são leves e não danificaram a estrutura do tecido. Alterações nos parâmetros hematológicos e na atividade exploratória foram demonstradas, especialmente, com a maior dose do extrato. Os resultados não evidenciaram qualquer alteração no índice dos órgãos, nem tampouco, foram reveladas alterações significativas no estudo histopatológico realizado em fígado e rins. Ainda, EHZB não apresentou atividade genotóxica in vivo no ensaio de micronúcleo em sangue periférico (2000 mg/kg). Os dados permitem concluir que EHZB apresenta baixa toxicidade pré-clínica.
Abstract: Medicinal plants are used in the treatment of various diseases, often indiscriminately, without prior knowledge of possible toxic effects due to their use. In this context, it is essential to carry out toxicological studies of medicinal plants. Zornia brasiliensis (Fabaceae), popularly known as "urinária", "urinana" and "carrapicho", is used by the population as a diuretic. Previous studies reported antioxidant activity and cytotoxicity in brine shrimp larvae. As there are no reports in the literature of its possible in vivo toxicity, the assessment of the toxicological profile is essential for safe use by the population as well as to support the conduct of clinical trials and subsequently the production of an herbal formulation. Thus, this study aimed to evaluate the preclinical toxicity of alcoholic extract of aerial parts of Zornia brasiliensis (EHZB). The value of HC50 obtained in hemolysis assay was 1.954 (1840-2074) / mL, demonstrating that the extract has low toxicity in mouse erythrocytes. During the preclinical acute toxicity test, there were no deaths nor behavioral changes in mice treated with 2000 mg / kg EHZB. There was a significant decrease in feed intake in male animals compared to the control group, however, there was no significant change in weight gain of animals, which showed weight regain after the treatment. No significant difference was observed in the organs indexes (heart, liver, kidneys, spleen and thymus) after acute treatment with EHZB. As regards the evaluation of preclinical repeated dose toxicity (28 days), death was no evidenced in animals treated with the EHZB (250, 500 and 1000 mg / kg) as well, there were no significant changes in weight gain and body temperature of the animals. The EHZB administration resulted in a significant increase in AST and ALT activities in male animals (1000 mg / kg) and in female animals treated with all doses there was increased ALT activity, suggesting the induction of hepatic toxicity by the extract. However, no significant clinical finding was observed in liver histopathology, suggesting that these changes were minor and not damaged the tissue structure. Changes in hematological parameters and exploratory activity were demonstrated, especially with the higher dose of the extract. The results did not show any change in the index of the organs, nor significant changes were revealed in the histopathological study in liver and kidneys. Moreover, EHZB showed no genotoxic activity in vivo, evaluated by micronucleus test in peripheral blood (2000 mg / kg). The data shows that EHZB has low pre-clinical toxicity.
Keywords: Genotoxicidade
Toxicidade Pré-clínica
Urinária
Zornia brasiliensis
genotoxicity
Urinária
Zornia brasiliensis.
preclinical toxicity
???metadata.dc.subject.cnpq???: CIENCIAS BIOLOGICAS::FARMACOLOGIA
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Farmacologia
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos
Citation: BATISTA, Tatianne Mota. Estudo toxicológico pré-clínico do extrato hidroalcoólico Das partes aéreas de zornia brasiliensis vog. (fabaceae). 2015. 102 f. Dissertação (Mestrado em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos)- Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/9475
Issue Date: 28-Feb-2015
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Produtos Naturais e Sintéticos Bioativos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1.11 MBAdobe PDFDownload/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.