???item.export.label??? ???item.export.type.endnote??? ???item.export.type.bibtex???

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/9906
???metadata.dc.type???: Dissertação
Title: Formas de conhecimento em saúde: confrontos e viabilização em uma prática de educação em saúde
???metadata.dc.creator???: Medeiros, Soraya Maria de 
???metadata.dc.contributor.advisor1???: Coelho Filho, Paulo Ramos
???metadata.dc.description.resumo???: O presente estudo analisa as formas de conhecimento em saúde, os confronmtos e as possibilidades de viabilização nas práticas de saúde no Bairro Bom Jesus - Mossoró - RN. Consta portanto de um estudo de caso que, enquanto particularidade estudada, sinaliza sobre as possibilidades de generalização do tema. A sistematização do universo simbólico e representações sociais dos atores sociais investigados e sua contextualização histórico-social confirmam em parte as premissas iniciais do estudo sobre o conflito de classes sociais e a relação de dominação saber/poder entre a medicina institucionalizada e as práticas populares, bem como sobre a dimensão pedagógica dessas práticas e elementos próprios de uma racionalidade que orienta essas práticas. Esses elementos de racionalidade das práticas populares em saúde obedecem a uma lógica interna característica, que têm vinculação com as condições de vida e a inserção de classe social. Guarda no seu interior, também, elementos definitivamente constatados como místico-religiosos, enquanto experiência calcada na cotidianidade de forma ritualizada e sacralizada. Porém, no decorrer da pesquisa, emergem outros desdobramentos dessa racionalidade implícita às práticas e suas articulações com o universo mais amplo, tais como a constatação que a vinculação no dado existencial de sobrevivência não é única e exclusivamente território das classes populares; outras classes ou fração delas também lançam mão das ditas práticas populares enquanto espaço e alternativa de cura para os seus problemas de sobrevivência existencial ou por descrédito nas práticas oficiais. As classes populares também lutam por seus direitos de cidadania à saúde, ao acesso universal às práticas oficiais de medicina ao mesmo tempo em que procuram, conservar suas práticas de transmissão oral, exercitando-as através de um processo dinâmico e cotidiano de apropriação e (re)criação desses conhecimentos, tendo como características principais a busca da sobrevivência e a identidade de classe social.
Abstract: Abstract unavailable. PDF in image mode.
Keywords: Educação de adultos
Saúde pública
???metadata.dc.subject.cnpq???: TOPICOS ESPECIFICOS DE EDUCACAO::EDUCACAO DE ADULTOS
Language: por
???metadata.dc.publisher.country???: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
???metadata.dc.publisher.initials???: UFPB
???metadata.dc.publisher.department???: Educação
???metadata.dc.publisher.program???: Programa de Pós-Graduação em Educação
Citation: MEDEIROS, Soraya Maria de. Formas de conhecimento em saúde: confrontos e viabilização em uma prática de educação em saúde. 1995, 240 f. Dissertação, (Mestrado Educação) - Universidade Federal da Paraíba,João Pessoa, 1995.
???metadata.dc.rights???: Acesso Aberto
URI: http://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/handle/tede/9906
Issue Date: 29-Dec-1995
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdfArquivo total46.51 MBAdobe PDFThumbnail

Download/Open Preview


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.